Fenearte: o Espetáculo do Artesanato

fenearte

Que o Nordeste é cheio de eventos culturais e é rico em artesanato, todos sabem. Aliás, o artesanato brasileiro, de um modo geral, é riquíssimo, extremamente variado. Em todo o país há eventos para mostrar o trabalho de artesãos. Um dos maiores que existem é a Fenearte, Feira Nacional de Negócios do Artesanato, que acontece aqui no Centro de Convenções de Pernambuco. O evento, que está em sua décima edição, acontecerá entre esta sexta-feira (03/07) e o dia 12 de julho. Para se ter uma idéia da grandiosidade do evento, são quatro mil expositores e mais de 800 estandes espalhados em 29 mil metros quadrados, todos mostrando o melhor do artesanato, como uma grande vitrine.

 

Não pense que se trata apenas uma feira, é também uma plataforma de negócios (vêm lojistas de todo o Brasil e de vários outros países realizar negócios que podem render lucros que às vezes perduram ao longo do ano). É também lugar de exposições: há a galeria de reciclados, homenagem a Ana das Carrancas (escultora pernambucana, famosa pelas carrancas de barro com olhos vazados, falecida recentemente), à arquiteta Janete Costa (um doa maiores nomes da arquitetura do Brasil, uma das pioneiras na valorização do artesanato brasileiro) e ao Mestre Vitalino, que completaria cem anos agora em julho, mestre da arte figurativa em barro. Aliás, em homenagem a Vitalino foram espalhados bonecos gigantescos, imitando os de barro feitos por ele, em vários pontos do Recife e em frente ao Centro de Convenções, uma intervenção lindíssima pela cidade. E ainda tem espaço para crianças, oficinas de artesanato (detaque para a de bordado e golas de maracatu. de mamulengo de de linhas – tricô, crochê, bordado), apresentações teatrais, desfiles de moda (roupas de Fátima Rendas, Eduardo Monteiro e Carol Azevedo, entre outras) e apresentações musicais. Excelente tanto para quem mora na cidade quanto para quem está aqui a passeio (sem contar que tem gente que vem apenas para visitar a Fenearte).

X_fenearte

Mas de onde vem todos esse artesanato? Bem, de fato todo o estado de Pernambuco, em sua mais rica variedade, está presente. O barro (em santos, objetos decorativos e utilitários) de Tracunhaém, tapetes de Tacaratu, móveis de Gravatá…impossível citar toda a diversidade das peças pernambucanas. Também há peças de todas as outras regiões do Brasil (SEMPRE compro bijous de capim dourado direto de Tocantins, algumas coisas lindas da região amazônica e novidades do Sul…vamos ver oq ue há de novo este ano…rs) e, uma das partes onde sempre tem muita, muita gente: o corredor dos outros países. Sim, também tem artesanato estrangeiro na Fenearte: este ano tem estandes representando 26 países por lá. Imagine, você poder comprar peças lindas (e são mesmo, me acabo nessa área!!!) desses lugares: Argentina, Bangladesh, Guatemala, México, Japão, Palestina, Venezuela, Vietnã, Bolívia, Chile, Cuba, Emirados Árabes (Dubai), Egito, Equador, Indonésia, Índia, Quênia, Líbano, Paquistão, Peru, Portugal, República Tcheca, Síria, Tailândia, Tunísia e Turquia.

Ah! Ainda tem vários estandes que são de entidades que trabalham por causas sociais, vendendo suas peças, com renda revertida para as próprias organizações. Uma excelente oportunidade para comprar coisas bacanas enquanto contribui com uma boa causa, não é verdade? Entre elas estão o Nacc – Núcleo de Apoio a Criança com Câncer – que estará vendendo peças institucionais, artesanato e produtos reciclados (eles têm um trabalho forte com sustentabilidade), o Neimfa, da comunidade do Coque e a Fundação Altino Ventura, entre outros. Muito válido parar nesses estandes, por todas as razões do mundo.

Enfim, se há um grande evento neste mês de julho por aqui que eu aconselho veementemente (gostaram?) a ir, é a Fenearte. Pegue seu calçado mais confortável (porque anda muitíssimo para passar por todos os corredores e, acredite, você vai querer parar em cada um dos milhares de estandes), vista uma roupa levinha, leve seu dinheirinho (você vai querer comprar alguma coisa, tenha certeza) e o seu cartão de crédito (a maioria aceita), arrume muita disposição e um olhar apurado e aproveite. No fim da feira, sente-se lá pela praça de alimentação (que sempre tem coisas gostosas de vários lugares), ponha o papo em dia enquanto olha as maravilhas que comprou e assista aos shows fantásticos que há por lá. Acompanho a Fenearte desde a primeira edição, sempre vou (e compro, me divirto, chego na hora de abrir e só saio quando já está fechando as portas – isso quando não volto outras vezes). Este ano espera-se a visita de 250 mil pessoas. Quer saber mais sobre a X Fenearte? Dá uma olhada aqui.

 

Serviço:

X FENEARTE

De 03 a 12 de julho
Centro de Convenções de Pernambuco – das 14h às 22h (nos dias 05, 10, 11 e 12, a Fenearte funcionará das 10h às 22h)
Preço dos ingressos de segunda a sexta: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (estudantes, crianças até 12 anos, professores e pessoas com mais de 60 anos). Preço dos ingressos nos finais de semana: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>